Seminários

Acesse a Loja da RCC Viçosa e adquira o seu seminário! Confira as sinopses!

1. Pregação
Os desafios de anunciar o Evangelho pautado na Verdade tem sido cada vez mais exigentes.
Somos os pregadores do século XXI que de fato anuncia Jesus Cristo?
Ou estamos desatualizados e nos esquecemos de ser criativos no Espírito Santo para sermos ousados no anúncio do Evangelho?
Esses e outros questionamentos serão esclarecidos nesse seminário.
Aqui você verá:
– O desafio de anunciar o Evangelho no século XXI;
– Ideologias camufladas de um falso cristianismo;
-Sociedade líquida X pregadores profundos: é possível?
– Pregações ricas em espiritualidade e intelectualidade. Isso evangeliza?
Responsável: Gislane Maria Magri Valentim – Barbacena – MG

2. Grupo de Oração
O Grupo de Oração é a célula fundamental da Renovação Carismática Católica. É o lugar onde se experimenta a realização da promessa de Jesus que derramaria o Espírito Santo sobre todos, ou seja, é o lugar onde acontece a experiência de Pentecostes. É o Cenáculo dos dias atuais; o Cenáculo que acontece semanalmente e que, juntos com Maria, podemos experimentar a ação poderosa de Deus nas nossas vidas.
Responsável: Paulo Araújo – Grupo de Oração N. S. de Fátima

3. Dons espirituais: infusos e carismáticos
Em nossa caminhada de fé, podemos separar dois momentos de vivência espiritual para o nosso desenvolvimento: um primeiro momento em que nos voltamos para uma dimensão mais interna (VIDA INTERIOR) e um segundo momento em que nos abrimos (VIDA EXTERIOR) para fora de nós. Nossa vida exterior se dá a partir da experiência de Igreja, da comunidade dos irmãos; é aí o lugar do amadurecimento da nossa fé. Deus gentilmente nos cumula de DONS ESPIRITUAIS para fortalecer nossa vida, para tornar visível sua presença na comunidade Igreja, para assegurar que o Espírito Santo derramado no Pentecostes na Igreja primitiva, ainda hoje, é derramado profusamente no coração de todos que se abrem para receber a manifestação de sua graça.
Responsável: Rogério – Uberlândia – MG.

4. A prática do Espiritismo, Maçonaria, Nova era, Satanismo e Seitas Orientais para os cristãos católicos: o que eu preciso conhecer?
“Meu povo se perde por falta de conhecimento” (Oséias 4,6) este seminário apresenta, à luz da palavra de Deus e dos princípios da tradição e da fé Católica, uma reflexão a respeito dos fundamentos, características e das contradições a respeito das práticas de doutrinas, filosofias e seitas que se opõem à fé Católica, tais como o Espiritismo, Nova Era (New Age), filosofias orientais, superstições, satanismo dentre outras.
Responsável: Cristiane Grasseli – Alfenas MG.

5. Virtudes – Preparai o Caminho
O seminário visa o olhar virtuoso sobre a espera de nosso Senhor Jesus Cristo e a busca pela santidade. Todos somos chamados a ser como João Batista, sermos as vozes que gritam no deserto, somos chamados a dar pão a quem tem fome, dar água a quem tem sede, acolher o estrangeiro… Pois quem faz a um pequenino estará fazendo ao Senhor.
Mateus 25, 35-40 – “Pois eu estava com fome, e vocês me deram de comer; eu estava com sede, e me deram de beber; eu era estrangeiro, e me receberam em sua casa; eu estava sem roupa, e me vestiram; eu estava doente, e cuidaram de mim; eu estava na prisão, e vocês foram me visitar.”
O seminário abordará os passos nos moldes de Jesus e Maria, que nos levam a ansiar pela eternidade, com uma vida virtuosa onde olhamos para os irmãos. Caminhar com as virtudes é ser santo e a santidade tem que ser uma busca diária.
Refletir sobre as práticas de Jesus e atentar ao tempo presente, quais as ações podemos ter para que a esperança da vinda do Senhor renasça constantemente em nós? Como podemos ser imagem de Cristo aos irmãos?
A prática das virtudes nos leva a uma vida cristã sadia, saber como vivê-las para preparar o caminho para o nosso encontro com Deus na eternidade é essencial para nós cristãos! O Senhor clama para a conversão necessária e “urgente”.
Com o aprofundamento das 7 virtudes que o Senhor nos dispõe, possamos trilhar o caminho de Cristo!
Responsável: MUR – Ministério Universidades Renovadas.

6. Autoconhecimento, cura interior e projeto de vida
A maturidade de vida é a meta de todo ser humano e o autoconhecimento é a condição indispensável para uma vida verdadeiramente livre e feliz. Este seminário aborda os passos para o autoconhecimento, na perspectiva da espiritualidade cristã, e oferece elementos de cura das emoções e lembranças afetivas, lançando a pessoa numa nova perspectiva de vida, com grande abertura para acolher o seu passado de dor e os desígnios divinos da vida presente.
Responsável: Fraternidade Pequena Via – Viçosa – MG.

7.Santidade ao alcance de todos: a Espiritualidade da Pequena Via de Santa Teresinha
“Sede santos” esse é o chamado de Deus para nossa vida. Mas como neste mundo de hoje buscar esse caminho? Santa Teresinha nos ensina que a santidade é possível: “Deus não poderia me inspirar desejos irrealizáveis, portanto, posso, apesar da minha pequenez, aspirar à santidade.” E as virtudes da Humildade, Confiança, Abandono e Amor são a base desse Caminho espiritual vivido e ensinado por Santa Teresinha do Menino Jesus.
Responsável: Fraternidade Pequena Via – Viçosa – MG.

8.Sexualidade Conjugal
Vivemos em uma sociedade marcada pelo individualismo, pelo egocentrismo e com uma concepção equivocada do que de fato é o amor humano e muitos casais se casam com base nessa visão distorcida do amor, anos depois de casamento enfrentam dilemas e dificuldades no matrimônio.
Outro dilema cultural é a vivência da sexualidade, tão depravada… A busca desenfreada pelo prazer acaba por reduzir a vivência da sexualidade à genitalidade e é claro que a cultura influencia diretamente a sexualidade conjugal, já que trazemos para assuntos tão delicados as pré-concepções que temos a respeito de determinados assuntos.
Nesse seminário além de resgatarmos a verdadeira concepção do que de fato é o amor, entenderemos que a sexualidade humana é algo bom, belo, criado por Deus e que todo casal deve buscar e vive-la de forma plena, além disso vamos desconstruir as concepções equivocadas a respeito do assunto.
Responsável: Pâmela Karla Miranda Souza Schitine – Viçosa MG

9.A cultura da morte x cultura da vida – aborto não
É notório o avanço de pautas que promovem a morte, como o aborto. O que se deve ter em vista é que não se trata de um fato isolado, mas uma transformação social. Essa transformação será apresentada nesse curso, com a explicação dos agentes e das finalidades desses agentes.
Ademais, o participante verá que há, no fundo, uma revolta contra Deus. Portanto, como vencê-la? O presente seminário ajudará a passar por esse momento de nossa história buscando o Bem e a Verdade.
Responsável: Centro Dom Viçoso – Filipe Mendes Dalboni e Guilherme Mateus Bousada.

10. Revolução Civilizacional AntiCristã
Deus Se revelou de forma gradativa, e o ápice dessa Revelação é Jesus, o qual fundou a Igreja Católica. A difusão da fé católica causou um enriquecimento das comunidades humanas em todas as áreas, em todas as épocas, e assim podemos entender o surgimento e o crescimento da civilização ocidental. O cristianismo sempre foi atacado por inimigos da Igreja, e este ataque, nos últimos três séculos, se intensificou: essa é a Revolução Civilizacional AntiCristã. Para permanecermos firmes em nossa fé e a cultivarmos em nossos irmãos, é bom que saibamos do que precisamos nos defender atualmente.
Responsável: Antônio Galvão do Nascimento – Viçosa – MG.

11. Doutrina social da igreja
Na Igreja Militante, o fiel ainda é sujeito ao pecado e às suas misérias, as quais atingem todas as dimensões da vida humana. A Igreja Católica praticou o amor fraterno ensinado por Jesus, em toda a história, e então, os cristãos tomaram inúmeras iniciativas de assistência, individual e coletivamente. No século XIX, surgiram propostas ateístas e muito sedutoras de justiça social. A Igreja tem defendido a fé católica deste ataque desde o seu início, e contamos hoje com uma variedade de encíclicas e outros documentos riquíssimos que mostram para os católicos os rumos a seguir.
Responsável: Antônio Galvão do Nascimento – Viçosa – MG.

12. Mariologia
Os dogmas sobre maria são expressos nos títulos: Virgem Santíssima, Imaculada Conceição, Senhora da Assunção e Mãe de Deus. A Igreja reserva um culto especial à Maria, e é atenta às suas mensagens. Nos últimos séculos, esta Mãe se dirigiu insistentemente aos filhos da Igreja. Ao analisarmos suas palavras, como as de La Salette, Lourdes e Fátima, percebemos o seu significado profético, e reconhecemos a urgência de obedecermos à Mãe do Céu, para sobrevivermos a estes tempos em que a fé cristã é tão atacada.
Responsável: Antônio Galvão do Nascimento – Viçosa – MG.

13. Terapia das doenças espirituais
São Paulo, na Carta aos Efésios 6,12ss afirma: “Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares.” Porque pecamos novamente poucos minutos depois de tê-los confessado ao sacerdote? A verdade é que nos livramos do pecado, mas não da doença que os provoca. O fato é que quem quer que olhe sinceramente para dentro de si é capaz de perceber uma clara desordem interior, certos impulsos violentos e sedutores que nos arrastam a fazer muitas vezes o que sabemos ser errado. Brigas constantes, invejas, ciúmes, infidelidades, tudo isso não nos deixa mentir: há algo profundamente “quebrado” em nós, ao menos no estado atual em que nos encontramos. E na busca de remédios para esses males, poucos homens foram tão cirúrgicos e profundos em suas análises psicológicas quanto os santos da Igreja Católica. Neste Seminário de Terapia das Doenças Espirituais, os padres do deserto, nos ensinam qual a causa destas doenças, quais as suas espécies, que repercussão têm eles em nossa vida espiritual, quais, enfim, os remédios que devemos aplicar a cada um deles. Se quisermos fazer a verdadeira experiência da Páscoa, da passagem para a terra prometida, teremos que aprender a combater as doenças espirituais que nos afastam da vocação a santidade. Ou santos ou nada!
Responsável: Marcos Nunes – Fraternidade Pequena Via – Viçosa MG.

14. Cura da afetividade e sexualidade
“Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham em abundância”, esta vida em abundância prometida e dada a cada um de nós por Jesus, é a plena capacidade de dar e receber amor. A causa de nossa infelicidade fruto da não experiência deste amor, são provocados por feridas em nossa afetividade, fruto da desordem de nossas paixões. Quando portamos estas feridas, somos afetados em nossa relação conosco mesmo, com Deus, com os outros e até com as coisas. Provoca em alguns descrença na fé, consumismo, vícios em pornografia, dependências afetivas, ambições materiais. É importante ressaltar que ao longo de duzentos anos, surgiram novas formas de controle social, mais refinadas, resultando num mundo em que as pessoas são controladas não por forças militares, mas pelo manejo sutil e habilidoso de suas paixões A proposta deste seminário é trabalhar os problemas gerados na sexualidade como consequência destas feridas. Para que de fato, possamos viver a plenitude da graça deste dom recebido e não sermos escravos dele.
Responsável: Comunidade Palavra Viva.