Seara: A presença do Deus vivo – Lucienne Sena

Testemunho

Em
tempos de revolução cultural, descristianização do Ocidente e
relativismo moral, o que poderia levar uma jovem de 16 anos (este foi o
meu caso há muito tempo) ir a um encontro religioso em pleno carnaval
brasileiro?



Estaria
ela desconectada do mundo? Em crise depressiva? Decepcionada com a
vida? Não! Esta jovem estava à procura de algo ou Alguém que ela
desconhecia. Estava à procura de uma felicidade interior tão
plenificante que ela nunca poderia supor que existisse…se não tivesse
experimentado a partir de então. Dentro dela entoava este cântico: “Esta
fome de felicidade é saudade do Infinito…”



Segundo Agostinho de Hipona, “O desejo do Sagrado é a busca da coisa necessária e a única que pode satisfazer as aspirações do coração humano.”
Este grande santo católico experimentou o Sagrado após anos de busca em
filosofias e seitas que não atenderam o seu coração inquieto. Só foi
aquietar quando ouviu o sermão de Santo Ambrósio e teve uma experiência
real com Jesus Cristo – Verdadeiro Deus e Verdadeiro Homem.



Esta é a função do Seara: revelar ao mundo descristianizado e materialista a beleza do Deus Vivo e Verdadeiro.



Muitos
jovens e adultos, como Santo Agostinho (guardando as devidas
proporções), aquietaram sua fome e sede de felicidade ao descobrirem a
ternura divina neste evento religioso.  Alguns passaram pelo Seara e
tiveram suas vidas transformadas, mas pararam por aí, não quiseram
continuar o caminho. Outros, não deixaram que o Autor da Vida os
tocassem e saíram do evento como entraram. E uma imensa maioria de
pessoas foram tocadas por Deus e estão na caminhada aprofundando seu
conhecimento no Absoluto, sabendo que nesta terra o conhecimento Dele,
por maior que seja, ainda é mínimo, e esperam gozar desta Presença
Plenificadora que dá sentido à existência humana por toda a eternidade.



Seara bendito! Seara que levou e leva o homem a se relacionar com Deus.



Seara do encontro! …de Deus para com o homem e do homem para com a formosura divina.



Seara regado pelo suor e lágrimas dos servos!



Seara da alegria! Pois
a única alegria que cumula  coração humano  é aquela que provém de
Deus. Nem as preocupações quotidianas, nem as dificuldades da vida
conseguem apagar a alegria que nasce da amizade com Deus.
” (Bento XVI)



Que Deus derrame copiosas bênçãos sobre o Seara 2015!



Lucienne Sena – Volta Redonda/RJ

Comentários no Facebook