“Onde está o teu irmão?”

A Santa Missa dessa segunda-feira, 15 de fevereiro, foi presidida pelo Cônego Lauro Versiani, da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Viçosa (MG). O sacerdote destacou a importância de estarmos unidos participando do Seara no formato on-line, devido a pandemia da Covid-19.

A oração, segundo Cônego Lauro, é a forma de estarmos unidos à Deus, apresentando nossa prece e nosso louvor. Na primeira leitura, meditamos o livro do Gênesis (4, 1-15.25), que fala da relação de Caim e Abel. O ser humano que não acolhe e se guia pela Palavra de Deus falha por desobediência e deixa de ser moldado conforme à vontade d’Ele.

Abel oferta a Deus toda sua simplicidade e fragilidade, já Caim faz uma oferta pretenciosa, com segundas intenções. A relação dos irmãos é marcada pela inveja, já que Deus aceitou a oferta de Abel. Caim, por sua vez, tem o pecado batendo à sua porta. O pecado nunca traz alegria! Pode trazer um momento ilusório, fugaz de prazer, mas deixa um gosto amargo. Quando somos bons, vencemos o mal pelo bem.

Deus faz uma pergunta profunda para Caim: “Onde está o teu irmão?” (Gênesis 4,9). Nós também somos questionados sobre onde estão os nossos irmãos, principalmente, os que sofrem pela enfermidade, falta de emprego, pela falta de dignidade. É necessário alargarmos o nosso coração para enxergarmos o nosso irmão. Nosso somos cuidadores uns dos outros!

Quem não busca viver na fraternidade afasta-se de Deus. O Amor é uma ação, é feito com gestos concretos de perdão, cuidado e zelo. Todos nós somos interpelados, como Caim, a responder a onde está o nosso irmão.

Os fariseus, mencionados no Evangelho de São Marcos, são pessoas que cumpriam as suas obrigações religiosas, andavam de maneira correta perante as leis. Porém, eles eram separados do restante da humanidade. Eles não percebiam que estavam distantes e não aceitavam os sinais que Jesus dava, por isso, queriam colocar Ele a prova. Não podemos agir dessa forma, com o coração fechado para a ação de Deus, ignorando o único e verdadeiro sinal que é a encarnação de Jesus Cristo, pois Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Comentários no Facebook