A promessa se cumpre – Seara 2021

O Seara 2021 foi iniciado nesta tarde de sábado, 13 de fevereiro, desta vez, sendo transmitido virtualmente à comunidade católica de Viçosa e região.
A coordenadora da RCC Viçosa Claudete Freitas foi responsável pela abertura do Seara, dando as boas-vindas a quem desejava estar com o Senhor no evento. Ela nos lembrou que em meio às intempéries da vida temos a possibilidade de escolher estar com Jesus e, ninguém melhor que Nossa Senhora para nos guiar no caminho da Vida.
A imagem da Mãe de Deus foi colocada no local em que o Seara está sendo realizado nesse ano. Ela que é nossa intercessora maior, Augusta Rainha do Céu. Não há o que temer, pois o céu está ao nosso favor. “(…) Salve Maria, Augusta rainha do céu, ao teu comando os anjos batalharão e vencerão!”
“(…) Como é bom a gente se encontrar aqui neste lugar. Onde dois ou mais estão unidos, o Senhor está também.” Os ministros de música presentes no palco conduziram uma animação para todos os que estava assistindo. O momento foi necessário para abrirmos nosso coração com alegria para as graças derramadas no encontro e, também para nos situarmos ainda mais na presença de Jesus. Logo em seguida, Adriana Moutinho conduziu a oração inicial.
A pregação de abertura do Seara 2021 ficou sob responsabilidade do Paulo Henrique Vilela, carinhosamente conhecido por Jacozinho. Ele atua na RCC Viçosa e coordena o grupo de oração Resgate. Com o tema “A promessa de cumpre”, Jacozinho iniciou a pregação dizendo que não há nenhuma promessa que Deus não cumpre e, que isso é um guia para a oração em comunidade, pois alguns servos têm o hábito de anotar as promessas que Deus revela em um caderno e que todas, em algum momento da vida, são cumpridas. Isso não aconteceu somente nas vezes em que Ele esteve presente. A Palavra de Deus confirma a fidelidade do Senhor para com o seu povo em muitas ocasiões. Certa vez Jesus disse que iria ser morto, mas que também ressuscitaria para habitar no meio deles e, assim foi feito. A promessa se cumpriu: Jesus Ressuscitou!
Em Atos 1:3-5, Jesus diz aos discípulos para não se afastarem de Jerusalém. Aqueles discípulos estavam tristes, desanimados e desesperados, pois se esqueceram da promessa feita pelo próprio Jesus de que caminharia junto deles.
Assim como aqueles discípulos, muitos membros da Igreja que participavam de forma ativa nos grupos e movimentos estão se afastando. Não sabem mais o sentido de viver, de servir. Perderam o sabor da vida.
Monsenhor Jonas Abib já havia dito em uma pregação feita há muitos anos, e que Jacozinho esteve presente, que “haverá um tempo em que se as pessoas não viverem em comunidade, não ficarão de pé”. O testemunho de Jacozinho a respeito dos momentos em que mais passou dificuldade na sua caminhada e contou com a amizade, oração e apoio de sua comunidade é mais uma prova de cumprimento da promessa divina: “onde dois ou mais estão unidos, Eu estarei com eles”.
Quando os apóstolos se reuniram no cenáculo em Jerusalém, estavam louvando a Deus. Nossa Senhora estava presente. Foi o lugar em que o batismo do Espírito Santo, fazendo-os falarem em línguas de fogo. E ficaram cheios, repletos do Espírito de Deus. Foi o dia de Pentecostes. Esse episódio também veio nos lembrar que não podemos nos afastar da nossa comunidade, devemos continuar firmes, dando suporte a quem está do nosso lado, e clamar a presença do Espírito para alimentar a fé. É Ele quem dá movimento à nossa vida, não nos ficar inertes ao que acontece no mundo e nos dá coragem para buscar as coisas do alto. Existe uma frase de Santo Agostinho que diz: o Pai ama, o Filho é O amado e o Espírito é o sopro de Amor sobre a Igreja. Ou seja, é para Ele que devemos recorrer quando o desânimo, a desesperança, a tristeza nos visita.

Neste contexto de pandemia em que muitos não permaneceram na Igreja é onde o Espírito quer morar para reavivar a chama que um dia ardeu de amor em muitos corações. Ele vem para libertar os escravos do pecado, aquelas pessoas que vivem pelo próprio querer e não pela vontade do Pai, para aqueles que têm saudade do que viveu na comunidade estando em Deus, mas que não tem mais ânimo para voltar. Porém, a Palavra diz que não importa qual o grau já chegamos, o que importa é prosseguir decididamente.
Por isso, o remédio do mundo é o BATISMO NO ESPÍRITO SANTO DE DEUS!
O que mais foi reforçado nessa pregação foi a ordem dada pelo Pai: “Não se afastem de Jerusalém”. Devemos pedir ao Espírito que nos abasteça de coragem para vencer as adversidades que aparecem no caminho, acreditando com toda a nossa força e toda nossa alma na promessa salvífica de Jesus.

Comentários no Facebook