“Deus cuida de mim” (cf. Mt 6, 25-34)

Luana serve no GOU Imaculado coração de Maria, juntamente com o Paulão está na coordenação geral deste encontro. Faz hoje 1 mês de casada. Parabéns Luana!!!!

Ela apresentou o tema e nos chamou a de olhos fechados repeti-lo: Deus cuida de mim!

A palavra partilhada de forma cheia de amor e cuidado está em Mt 6, 25-34. Com uma entonação cheia de amor e cuidado foi proclamado o evangelho.

Inicia ela as colocações: Quando pensamos na providência divina precisamos entende -lá não como o nosso querer, mas como aquilo que precisamos. Deus providencia aquilo que eu preciso. Chamou-nos ela a repetir e gravar.

No Teatro antes da pregação a moça pedia um emprego, mas Deus mandou que ela fosse ao supermercado. Ele providenciou um ano de cesta básica para aquela família. Por vezes, achamos que nossa vontade é melhor do que os desígnios de Deus para nós.

Na sua cabeça deve ter passado as muitas situações que você agiu pela sua vontade mas ouvia a voz de Deus dizendo: não é isso, não é isso, não é isso. E quebrou a cara!!!

Nós que confiamos não temos que acreditar que a providência de Deus cairá do céu e ficar de braços cruzados esperando. Não podemos esperar como ‘coitadinhos’ que ela nos alcance. Temos que, mesmo em dificuldades, cuidar dos outros e correr atrás do que precisamos também.

Precisamos esperar como se tudo viesse de Deus e agir como se tudo dependesse de nós! Aquilo que o Senhor proporcionou com cuidado é exatamente o que precisamos e nos esquecemos de louvar a Deus pelo que temos.

Se estamos reclamando daquilo que Deus providenciou em nossa vida, estamos sendo ingratos com a providência divina! Se Deus que nos conhece, sabe até quando um fio de cabelo cai, cuida dos pássaros e lírios, não vai cuidar de nós?

“A confiança em Deus precisa ser plena e total”. Precisamos sempre rezar: ‘Deus provê, Deus proverá. Sua misericórdia não faltará’. Em alto tom ela reforçou que a providência de Deus é na medida que nós precisamos e não que queremos!

“Quanto mais confiamos na providência do Senhor mais Ele cuida de nós”. É um exercício. Quanto menos murmuramos mais conseguimos ver a providência de Deus agindo.

“Deus não age somente no extraordinário”. Ele age no pequeno, “no café com pão que você tinha em casa hoje pela manhã”.

O Senhor cuida de nós de maneira tão bela que cada respirada que damos é Deus pensando na gente. Se Deus não cuidasse de nós não conseguiríamos respirar: “A providência se levantará antes do amanhecer”. Com isso, a pregadora leva-nos a crer que Deus pode Tudo! ‘Deus que não sabe o que é falhar’. Não há nada que Deus não possa realizar em sua vida.

Não sabemos confiar, mas a confiança não é somente nossa. Ela é auxiliada pelo Espírito Santo.

“Sou de uma cidade turística de São Paulo e queria de todo jeito estudar na USP. Fiz 3 anos de cursinho e sempre passava na primeira fase e não na segunda. Minha mãe mandava fazer para a UFV e eu não queria. No terceiro ano, eu passei na UFV e vim chorando de São Paulo a Viçosa e me consolava com uma música: ‘Onde eu estiver sei que comigo estarás… E se eu chorar sei que iras me consolar’. Quando cheguei aqui, tudo foi se revelando e fui percebendo a vontade de Deus. Meu namorado de São Paulo me traiu e terminamos. Deus cuidou disso. Fui acolhida pela RCC de Viçosa, fiz amigos, sofri por causa desse namoro, e Deus foi cuidando. […] Várias foram as conquistas como alojamento, bolsa de iniciação científica, sempre acompanhada pela providência. Auxiliada por meu orientador de mestrado com aluguel, fiquei 1 ano no mestrado sem bolsa. E, então, Deus providenciou. Providenciou também nas decisões de nosso casamento”.

Após partilhar tais acontecimentos, Luana afirmou: “O Senhor cuida e, reforço, da maneira que precisamos!!!”. Ela continuou seu testemunho: “Meu pai sofre de alcoolismo e ainda não foi curado. Devido a isso tinha meses que o salário inteiro dele era para a bebida. Um dia, uma irmãzinha da igreja rezou e ficou para ela pagar 3 meses de cesta básica para minha família. Era o que precisávamos!”

Com isso, a pregadora nos recordou que se não buscarmos a santidade do Reino Reino dos Céus, vamos continuar nos perdendo. É chegado o momento de experimentar o cuidado de Deus nas coisas mais simples. Desse modo, ela ainda recordou a adoração do dia anterior, em que lembrou o convite de Jesus Eucarístico que ela entrasse na multidão. Então, ela se preocupou com a mochila cheia de objetos, mesmo assim, ela se lançou.

Muitas vezes, “só olhamos as portas que se fecham, mas quantas portas se abrem em sua vida?”. É verdade que Deus tem algo maior para a nossa vida. Por isso, devemos acreditar mais na providência de Deus e “não se conformar com este mundo” (cf. Rm 12,2). Para o mundo o gesto de confiança é loucura, mas é preciso contar com o Senhor em todas as coisas.

Patricia Nunes
Equipe de Mídias – Seara 2020

Comentários no Facebook